quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

O que é e como fazer o jejum de Daniel?


Antes a pessoa que deseja jejuar precisa saber o que é o jejum e a finalidade. O jejum é uma prática de proveito espiritual. Jesus disse que existem demônios que só saem com jejum e oração (Mateus 17.21). Jesus no período  em que foi tentado pelo diabo estava em jejum (Lucas 4.2) E quarenta dias foi tentado pelo diabo,e naqueles dias não comeu coisa alguma.

É um período de sacrifício da carne, é um desligamento total da carne, neste período o Cristão Deverá estar ligado somente nas coisas espirituais, como orar, ler a Bíblia, ouvir e cantar hinos.

 Não é algo para ser feito como forma de dieta para emagrecer, não é algo para ser feito como forma de barganha com Deus em troca de algo, uma moeda de troca,o que alcançamos de Deus é pela graça e pela fé.

 O jejum é uma privação das coisas naturais do corpo, inclusive o sexo,é para fortalecer o espírito e ter uma maior comunhão com Deus, deve haver propósito.O jejum é algo agradável a Deus,mas em condições normais,fora disso,a bíblia diz que Deus sente mais prazer na obediência do que no sacrifício.Judiar do corpo a ponto de comprometer a saúde física não é algo que agrada a Deus pois o nosso corpo é o templo do Espírito Santo e não podemos destruí-lo. Pessoas que tem certos tipos de problemas de saúde deverá falar com um médico antes para ver se tem condições.

O primeiro jejum que Daniel fez foi não comer a comida do rei da Babilônia,só comia vegetais e água,este jejum foi parcial (Daniel 1,8/1.16). O outro jejum de Daniel durou três semanas, vinte e um dias, neste jejum não comeu carne e nem comida saborosa (Daniel 10.2-3).

Muito fazem o jejum de vinte e um dias o chamado jejum de Daniel. Neste dois casos houve propósito. A bíblia não trata o jejum de Daniel como o mais poderoso, existem outros tipos de jejum citados na bíblia, Moisés e Jesus jejuaram quarenta dias.

 Existe três tipos de jejum:

 O jejum normal: abstinência de todos os alimentos sólidos ou líquidos, mas não de água.

 O jejum absoluto: abstinência de alimentos e de água, esse jejum não pode ir além de três dias pois a partir daí o organismo se desidrata, Moisés e Elias fizeram o jejum absoluto por 40 dias mas sob condições sobrenaturais.

 O jejum parcial: uma restrição de alimentos e não uma abstenção total dos alimentos (Daniel 10.3).

Seja o jejum igual ao de Daniel ou qualquer outro o que vai fazer valer é a fé e obediência a Deus. Eu já vi pessoas que fizeram o jejum de Daniel e saiu contando na mídia para ser notados e ficarem sabendo, isso é algo particular entre a pessoa e Deus, e não fazer igual o Fariseu que tocavam a trombeta para todos saberem que jejuavam (Lucas 18.12).

Autor:Edinilson Aparecido

Pesquisar este blog