quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Porque Deus não destruiu Satanás?

















Pergunta que muitos já fizeram, não se tem uma resposta exata, somente analisando na bíblia o caráter de Deus e o seu modo de agir, podemos pensar em hipóteses prováveis (Deuteronômio 29,29) "As coisas encobertas são para o Senhor, porém as reveladas são para nós e para nossos filhos" Referente a salvação a bíblia está completa, muitas coisas que estão em oculto quem sabe um dia Deus poderá nos revelar na eternidade.

Existe o chamado livre arbítrio, nós seres humanos é que decidimos em fazer a vontade de Deus ou não, sob pena de sofrermos as consequências caso decidimos não servir a Deus. Podemos entender que aos anjos Deus também deu a decisão de escolha, caso contrário os anjos serviriam a Deus por obrigação e Satanás não teria se rebelado.

Na queda de Satanás aprendemos que Deus não interfere em nossas decisões, servir a Deus ou não, é uma questão de escolha (Josué 24.15) "..., Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais: se os deuses a quem serviram vossos pais, que estavam dalém do rio, ou os deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu a minha casa serviremos ao Senhor".

Servir a Deus é opção de escolha inclusive para Satanás e a terça parte dos anjos que se rebelaram contra Deus. (Apocalipse 12.12.3-4). Se pensarmos porque Deus não o destruiu depois dele ter pecado, então também poderíamos pensar porque Deus não destruiu Adão e Eva depois que pecaram? A queda de Adão e Eva trouxe consequências a toda raça humana, da mesma forma que a queda de Satanás também trouxe consequências.

E para ficarmos livre das consequências da queda de Adão e Eva, devemos aceitar o sacrifício de Jesus na cruz como a forma que Deus deu para nos resgatar da consequência maior que é a condenação eterna. Satanás já está condenado, sua sentença é citada na bíblia desde o princípio da humanidade. (Gênesis 3.15/Mateus 25.41/Apocalipse 20.10).


Autor:Edinilson Aparecido

Pesquisar este blog