sexta-feira, 27 de maio de 2016

O que é blasfêmia contra o Espírito Santo?


 

Essa questão é uma das mais polêmicas e uma das menos compreendidas na bíblia. Antes de falar sobre o assunto deve sempre ficar claro que blasfêmia contra o Espírito Santo nunca deve ser interpretado como se houvesse um pecado específico que não tivesse mais perdão. Alguns julgam que a blasfêmia contra o Espírito Santo seja adultério e fornicação. Mas Deus perdoou o adultério de Davi e Paulo deixou a oportunidade de salvação para o rapaz da igreja de Corinto que tinha um caso com sua madrasta (1 Coríntios 5.1-5).

A bíblia não menciona nenhum pecado específico que não tenha mais perdão. Em (Lucas 15) cita três parábolas que fala acerca dos desviados: A parábola das cem ovelhas, das dracmas perdidas e do filho pródigo. Veja que o pai recebeu o filho pródigo de braços abertos sem perguntar o que foi que ele tinha feito enquanto estava fora. Em (1 João 2.1) diz: "se pecarmos temos um advogado..." (Apocalipse 2.5) "Lembra-te pois de onde caíste, arrepende-te...” Para cair primeiro tem que estar em pé.

Todas as passagens citadas estão relacionadas com pessoas que um dia foram convertidas. A bíblia nunca citou Deus negando o perdão para alguém. Blasfêmia contra o Espírito não é xingar, não é falar mal de Deus ou do Espírito Santo, não é duvidar de certos milagres ou manifestações que vemos na internet e na Tv. Blasfêmia contra o Espírito Santo se define como rejeição contínua das obras de Cristo, está associado com a apostasia e a religiosidade. Vou tomar duas citações como exemplo:
A primeira situação está associada a religiosidade. Em (Mateus 12.22-32) diz que Jesus expulsou um demônio e os fariseus disseram que ele tinha expulsado pelo poder de belzebu (satanás). Blasfêmia significa insultar pessoas ou coisas respeitáveis. Toda blasfêmia contra Deus é pecada, mas nem todas é tida como pecado imperdoável. Mas então o que é blasfêmia contra o Espírito Santo na condição de pecado imperdoável?

Blasfêmia contra o Espírito Santo não é uma coisa que acontece facilmente, embora seja possível. Blasfêmia contra o Espírito Santo é negar as obras do Espírito Santo de forma consciente e abusiva, note que os fariseus atribuíram a satanás o milagre que Jesus fez de expulsar um demônio.
Claro que duvidar de certos milagres que vemos hoje na TV ou na internet nem sempre é errado, pois não estamos duvidando que Deus possa curar alguém ou realizar milagres pelo poder do Espírito Santo, em muitos casos não é errado devido a muita pilantragem de certas igrejas que querem atrair as pessoas a qualquer custas e podem inventar falsos milagres e falsos testemunhos e a bíblia manda provar todos os espíritos para ver se são de Deus (1 João 4.1) Provar tudo que vemos para ver se está em conformidade com a bíblia. Uma pessoa está sujeita a julgar de forma errada por falta de conhecimento, mas não é algo de forma consciente e abusivo pois ela não duvida e nem nega o poder de Deus, é por falta de conhecimento mesmo.

Note que os fariseus conheciam a Jesus desde o seu nascimento, sempre o perseguiu, sempre viram seus milagres, e por fim atribuíram seus milagres a satanás. Jesus conhecia o coração deles e sabia que eles nunca iriam se arrepender. Nós não podemos atribuir esse pecado a ninguém pois não sabemos se um dia essa pessoa irá se arrepender pois não sabemos o futuro de ninguém. Nesta condição dos Fariseus hoje é praticamente impossível pois foi feito contra o próprio Jesus em pessoa. Os milagres de Jesus eram reais e visíveis, era o aleijado que andava, o surdo que ouvia, o cego que enxergava. etc... Quando Jesus ressuscitou a Lázaro os Fariseus queriam matar a Jesus. No caso dos Fariseus foi rejeição contínua e deliberada contra as obras de Deus e Jesus sabia que nunca iriam se arrepender. Não podemos acusar ninguém de cometer este pecado pois não conhecemos o coração de ninguém, muitas pessoas que negaram voltaram atrás e hoje são convertidas.

A outra situação é possível acontecer nos dias de hoje e está associado a apostasia, vamos tomar como base (Hebreus 6.4-6) "Porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se fizeram participantes do Espírito Santo, e provaram a boa palavra de Deus e as virtudes do século futuro, e recaíram, sejam outra vez renovados para o arrependimento..."
Aqui nesta passagem trata a consequência da apostasia e como sendo algo possível. Só é possível a uma pessoa que foi iluminada e recebeu o Espírito Santo, uma pessoa regenerada e transformada por Deus, e não se refere a uma pessoa que que se converteu a um sistema religiosos como vemos hoje, mas nunca se converteu. Aqui se refere alguém que rejeita algo que um dia ele teve e viveu.

Uma pessoa que um dia foi batizada no Espírito Santo, tinha dons espirituais, viu Deus operar na vida dela e na vida dos outros, por isto que está escrito: participantes do Espírito Santo. Então esta pessoa se desviou e hoje rejeita as obras de Deus a e as coisas a qual ela foi participante, se recusa a voltar atrás, chegará a um ponto onde o Espírito Santo se afastará desta pessoa. Afastar o Espírito Santo de si é afastar o único meio de conduzi-la a Deus pois é ele quem convence a pessoa do pecado (João 16.8) Esta pessoa morrerá espiritualmente, o chamado pecado para a morte (1 João 5.16).
 
Blasfêmia contra o Espírito Santo é atribuir as obras do Espírito Santo a satanás, é negar as obras do Espírito Santo, é negar que seja Deus que está operando, mas isso só se caracteriza como pecado imperdoável se a pessoa morrer nessa situação, pois enquanto ela tiver vida ela poderá arrepender-se. A prova que a pessoa não cometeu o pecado imperdoável é o arrependimento pois é o Espírito Santo que convence a pessoa do pecado (João 16.8). Quem comete este pecado nem reconhece mais pois o Espírito Santo se apagou de dentro dela e ela está "morta" espiritualmente.

Toda a obra de Deus realizada aqui na terra é mediante o poder do Espírito Santo. Negar as obras do Espírito Santo, é se opor a ele. A pessoa vai afastar de si mesmo o único recurso que pode leva-lo ao perdão. Sem o Espírito Santo a pessoa não se convence que é pecadora, é impossível ela se chegar a Deus. Veja os sinais que podem levar uma pessoa a cometer o pecado imperdoável.
-Resistir ao Espírito Santo leva ao apagamento do Espírito Santo dentro da pessoa. O apagamento leva ao endurecimento do coração. O endurecimento leva a pessoa a uma mente depravada. Quando o endurecimento do coração atinge certa intensidade que só Deus sabe, o Espírito Santo não contenderá mais em para levar a pessoa ao arrependimento. Veja o texto abaixo.

(Hebreus 3.7-8) "Portanto, como diz o Espírito Santo: Se ouvirdes hoje a sua voz, não endureçais os vossos corações, como na provocação, no dia da tentação no deserto".
Hoje ouvimos a voz do Espírito Santo quando ouvimos ou lemos a palavra de Deus, não podemos negar a palavra de Deus para que o nosso coração não venha ser endurecido e o Espírito Santo venha a ser apagado de dentro de nós.

Então fica claro que as pessoas que blasfemaram e pensam que não tem mais perdão, a prova que ainda tem é o fato delas estarem arrependidas. Em (João 16.8) diz que o Espírito Santo é quem convence a pessoa do pecado, isso mostra uma ação do Espírito Santo na vida da pessoa.

Autor:Edinilson Aparecido 


Pesquisar este blog