quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Fazer voto com Deus ainda é bíblico em nosso dias?

 

É correto fazer voto? o voto existe no Novo Testamento? Se você não fez, talvez conheça alguém que já tenha feito, ou frequenta uma igreja que faz.

 De modo geral, o voto nas igrejas é algo comum.

 O voto que as igrejas motivam as pessoas fazerem, será se tem a intenção de arrecadar dinheiro? na verdade o voto em Muitas igrejas não é explicado o significado disso ou é mal explicado, deixando a impressão de ser uma barganha com Deus, uma moeda de troca. É essa a imagem que a maioria das igrejas passam.

 Há cerca de 20 anos atrás na minha inocência espiritual, eu frequentei por um tempo uma certa Igreja Pentecostal muito abençoada,e lá eles davam os envelope do voto para as pessoas trazerem na próxima semana,como se a bênção seria dada por Deus naquela semana.

 uma vez deram um envelope para as pessoas colocarem uma moeda de um real dentro para entregarem na hora, e disse que aquilo era o "voto rápido" mas na verdade de voto não tinha nada,aquilo foi apenas um método que ele arrumou para tirar a moedinha dos Inocentes espirituais o qual eu era um deles.

 O voto só deve ser pago após a pessoa alcançar o que pediu a Deus, se você fez o voto em dinheiro, ele será dado como forma de gratidão Pela bênção alcançada após recebe-la, e não como pagamento pela bênção, e muito menos pagamento adiantado como estão fazendo por aí,ou pagamento com data marcada.

 O que alcançamos de Deus é pela fé e não comprado. Muitas igrejas não ensinam o verdadeiro significado do voto pois a intenção deles é pegar dinheiro das pessoas, por isso eles passam a ideia de que quanto mais você dar, maior será o milagre.

 Vamos ver (Gênesis 28. 20-22) onde diz sobre voto de Jacó. E Jacó fez um voto dizendo: Se Deus for comigo e me guardar nesta viagem que faço, e me der pão para comer e vestes para vestir, e em paz tornar a casa de meu pai,O senhor será meu Deus, e esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Deus, e de tudo quanto me deres certamente darei o dízimo.

 A imagem do voto que as igrejas transmitem, nada mais é que uma barganha com Deus.No antigo testamento vemos vários exemplos de votos, além de Jacó que já citei, tem o voto de Ana (1 Samuel 1. 11 E votou um voto, dizendo: Senhor dos exércitos se benignamente atentares para aflição de sua serva, e de mim te lembrares,e da tua serva te não esqueceres, mas a tua serva deres um filho varão, ao Senhor o darei por todos os dias da sua vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha.

 Ana demonstrou sua dedicação ao Senhor pela sua disposição de dedicar seu filho a obra do senhor. Veja que o propósito do voto dela foi entregar seu filho ao senhor, foi um propósito Divino voltado a  Deus e a sua obra,e não a interesses pessoais para benefício próprio onde Deus não tenha nenhuma participação.

 Existia o voto de Nazireu citado também em (números 6) esse voto tinha propósitos específicos para a obra de Deus, era um voto voluntário voltado para a obra de Deus e não para benefício da pessoa,vemos o caso de Sansão que foi nazireu com propósitos divinos.

 Podemos ver que eu voto tinha sempre propósitos voltados a Deus e a sua obra, e não para benefício próprio, barganha com Deus como fazem por aí.

No velho testamento isso não era mandamento ou ordenança, era algo voluntário, e muito menos sobre pressão como fazem hoje tentando convencer as pessoas a fazerem isso.

 No Novo Testamento não existe menção Clara acerca de votos.

 Em (Atos 21.23-24) lá diz que Paulo raspou a cabeça,Paulo sempre buscou uma convivência pacífica entre judeus e cristãos. Sendo assim, ele fazia qualquer coisa e se tornava em qualquer coisa, par que pudesse levar as pessoas a Cristo e leva-las ao conhecimento do evangelho. 

Paulo disse em (1 Coríntios 9.20) Procedi, para com o judeu, como judeu, a fim de ganhar os judeus; para os que vivem sob o regime da lei, como se eu mesmo assim vivesse, par ganhar os que vivem embaixo da lei, embora não esteja eu debaixo da lei.

 
Paulo circuncidou o Timóteo, filho de mãe judia e pai grego. Sendo assim,para que Timóteo não tivesse problemas em suas futuras pregações entre os judeus, Paulo o convenceu a ser circuncidado ( pois Timóteo era judeu!).
Paulo fez aquilo que ele disse me fiz de fraco para ganhar os fracos (1 Coríntios 9.19).


Então o voto de Paulo teve um propósito específico,e não a troco de algo.

Mas não podemos desprezar as pessoas que fazem votos alegando que isso nao adianta nada nos dia de hoje.Deus opera pela fé,tudo o que for feito pela fé será atendido por Deus.Exitem muitas pessoas que já foram abençoadas através dos votos que fizeram.

Mas deixo alguns conselhos.A pessoa não poderá deixar sem enganada por pastores e pregadores manipuladores,tentando convence-las a fazer voto a qualquer custas, quase forçando a pegarem envelopes,e muitos deles até estipulam valores.

Não aceite voto com data de entrega como muitos fazem,o voto será entregue quando você receber a benção que pediu,Deus não faz nada com data marcada.Não aceite valores estipulados por eles.

A maioria desses que forçam as pessoas a pegarem envelopes de votos tem a intenção de arrecadarem dinheiro.

Tenha em mente que aquilo que você recebe de Deus é pela fé,e não barganha com Deus.

Autor:Edinilson Aparecido

Pesquisar este blog