segunda-feira, 2 de outubro de 2017

O que é pecado voluntário? - A bíblia responde



(Hebreus 10.26) Porque,se pecarmos voluntariamente depois de termos recebido o conhecimento da verdade,já não resta mais sacrifício pelos pecados.

Este texto é polêmico, eu respondo com frequência pessoas achando que estão condenadas por terem cometidas certos tipos de pecados por não saberem interpretar certas passagens da bíblia ou terem sido ensinadas de forma errada por certas igrejas.

Certos textos da bíblia para chegarmos a interpretação correta temos que associar e comparar com  outras passagens .Esse versículo não pode ser interpretado como se uma pessoa que se desviou ou cometeu certo pecado não tenha mais perdão. A bíblia nunca citou o perdão de Deus sendo negado a um crente que pecou,muito pelo contrário, a bíblia da margem de sobra para crermos que Deus perdoa um crente que pecou e um desviado.

No livro de (Lucas 15) cita três parábolas que fala dos desviados,a parábola do filho pródigo, das dracmas perdidas e das cem ovelhas. Em (Tiago 5.19) fala da importância de irmos atrás dos desviados. O pai do filho pródigo o recebeu de braços abertos sem perguntar qual foi o pecado que ele cometeu para ver se o perdoaria ou não.

Em (1 João 2.1) diz:..se pecarmos temos um advogado...Em (Apocalipse 2.5) diz: lembra-te pois de onde caíste,arrepende te e pratica as primeiras obras.

Deus garante que nos liberta do poder do pecado mas não da presença do pecado, por isso o crente sempre estará sujeito as tentações e propenso a cair. Deus perdoou o adultério de Davi e a fornicação do rapaz da igreja de Corinto (1 Coríntios 5.1-5) ficou a oportunidade para ele se arrepender e ser salvo. Paulo disse: seja entregue a satanás para a destruição da carne para que o espírito seja salvo no dia do Senhor. Paulo disse que era para excluir da comunhão com a igreja e para que pelo sofrimento pelas influências de satanás viesse a se arrepender, voltasse pelo sofrimento e fosse salvo. Paulo garantiu que o crente que comete pecados da carne tem perdão, tanto no velho testamento quanto no novo.

Se pecar depois de conhecer a verdade não tem perdão,mas que pecado é esse se a bíblia da margem para o perdão?

Esse texto está relacionado com a apostasia pessoal,o autor de Hebreus está analisando as consequências da apostasia. A apostasia pessoal não pode  ser associado a toda pessoa que se converte a um sistema religioso,se batiza de qualquer jeito mas nunca se converteu e nem ao menos sabe o que é evangelho que é o que mais acontece hoje, uma pessoa que não teve conversão genuína, não foi transformada pelo Espírito Santo.

O autor de Hebreus se refere a uma pessoa que foi transformada,regenerada, iluminada que recebeu e provou o Espírito Santo e amadureceu no evangelho. Essa pessoa pecou de forma voluntária,essa pessoa antes abominava o pecado e depois se cedeu.

 Pecado voluntário é pecado premeditado que não foi resistido,foi planejado. Se essa pessoa não se arrepender e rejeitar a voz do Espírito Santo o chamando para o arrependimento (Hebreus 3.8)...Se hoje ouvirdes a voz, não endureçais o vosso coração...poderá levar ao apagamento do Espírito Santo de dentro dessa pessoa a ponto de nem mais reconhecer que está em pecado, cometendo pecado para a morte (1 João 5.16) que é um estado de um coração endurecido que rejeita a correção, se isso for de forma contínua o Espírito Santo não contenderá mais em levar essa pessoa ao arrependimento e será apagado de dentro dela. Se essa pessoa estiver arrependida mas estar espiritualmente fraca, não será pecado para a morte e João manda orar na certeza que essa pessoa será restaurada por Deus.

Não existe pecado específico para ser considerado sem perdão, isso é um estado e não um pecado específico em si, um coração endurecido que recusa a arrepender-se. A prova que a pessoa tem perdão é o arrependimento pois é o Espírito Santo quem convence a pessoa do pecado (João 16.8).

Pecado mesmo sendo voluntário tem perdão, em (Leviticos 6 ) cita os sacrifícios pelos pecados voluntários. Adultério e fornicação é pecado voluntário pois é premeditado e tem perdão.

A bíblia nunca prometeu que o salvo seria perfeito na carne, o crente está liberto do poder do pecado mas não da presença do pecado,poi isso enquanto viver na carne será tentado e estará sujeito ao pecado.

O crente não pode fazer do pecado uma prática habitual,um estilo de vida como fazem os incrédulos de forma diária e contínua. Em (Gálatas 5.24) diz que os que são de Cristo crucificaram a carne com suas paixões...Mas esse crucificar não significa que a pessoa ficará imune ao pecado, apenas crucificou. A bíblia garante que Deus da forças suficientes para resistirmos o pecado (1 Coríntios 1.13/Romanos 5.20).

Mas andaremos com a presença do pecado nos tentando o tempo todo. A bíblia cita homens de Deus que cairam  ou cometreram deslizes e se levantaram, como Davi,Sansão,Jacó,Abraão e outros, e alguns deles foram incluídos na galeria dos heróis da fé de (Hebreus 11) Eles com certeza reconheceram que Deus perdoa. Não acreditar que Deus perdoa certos pecados é não conhecer o amor e a misericórdia de Deus.

Só ficaremos livre da presença do pecado na ressurreição (1 Coríntios 15.53-54) onde os salvos vão ressuscitar com o corpo transformado livre destas carne e da natureza pecaminosa que herdamos de Adão.

O pecado voluntário acontece quando a pessoa não resiste e não luta para evitar o erro,mas não significa que não tenha mais perdão pois parte dos pecados são voluntários . O adultério de Davi foi muito bem premeditado, é só ler a história.

Quaquer pessoa que se arrepende obtém perdão,não existe pecado específico para ser considerado sem perdão. Pecado para a morte é um estado de um coração endurecido e não um pecado específico onde não há arrependimento. O pai recebeu o filho pródigo de braços abertos e não perguntou qual o pecado que ele tinha cometido para saber se tinha perdão.

Se você pensa ter cometido esse pecado ou qualquer outro que pense não ter mais perdão, fica sabendo que não cometeu pois é o Espírito Santo quem convence a pessoa do pecado (João 16.8) a prova é o arrependimento, quem comete o coração está endurecido que nem reconhece mais que está em pecado como foi no caso dos fariseus em (Mateus 12).

Autor:Edinilson Aparecido



Pesquisar este blog